Como Escrever Cenas de Luta - Round III - MOVIMENTO


Parte IV: Um Movimento vale mais do que mil palavras

Mas assim como muita gente tem dificuldade em escrever uma cena de luta - e principalmente, não torná-la tediante, praticamente um momento do texto que os leitores terão que engolir e torcem para terminar logo - muitos têm dificuldade para enfocar o sentimento do personagem, a luta interior. Isso é normal, acontece, todos têm seus pontos fortes e suas limitações, da mesma forma que muitos querem partir logo para o "Mortal Kombat" sem perder tempo com frescuras como "amor, desilusão e suspense", enfocando objetivos mais simples e diretos como "A Terra está sendo ameaçada pelas forças do Mal e temos que enfrentar os invasores no Mortal Kombat!!!!!".
Em suma, menos Shoujo e mais Shonen.
Lutas silenciosas são muito comuns, especialmente para quem imagina a cena como um "Indiana Jones e a última cruzada", com um inimigo a cada sala para ser vencido, e nada mais. Não é uma questão de deixar o personagem vago, mas de dar um enfoque diferente ao enredo. Conseqüentemente, acabamos tendo lutas com um tempo de duração que variam do curto ao mediano, tendo o "chefão final" como uma grande luta de horas de duração. Textos assim são mais comuns entre quem está começando a escrever do que nas pessoas que já escrevem e querem tentar algo novo. E as complicações seguem a mesma lógica! Em muitos casos que vemos por ai, enquanto quem já escreve trata tal novidade com o maior mimo, medo e cuidado - praticamente um doce - os que estréiam com tal estilo tendem a serem pegos pelo mar da euforia e fazerem de tudo para a grande luta que querem descrever seja tão emocionante e empolgante quanto os filmes/desenhos/jogos que tem contato.

O chato disso é que nesses casos, a grande maioria acaba sendo pego pelo "efeito looping":

"Manoel saltou e chutou Pedro, que se esquivou e bateu em Manoel, que foi atingido e revidou o golpe, mas Pedro não caiu pra trás e bateu em Manoel de novo, o qual ficou com raiva e partiu pra cima de Pedro, batendo muitas vezes nele na velocidade da luz, de tal forma que Pedro queimou seu Soma e mandou seu Ataque Devastador do Cruzeiro do Sul nele, mas Manoel elevou seu cosmo ao limite e usou o Golpe Assassino Giratório dos Otakus ensandecidos das Trevas dos infernos...".

E não se esqueçam de repetir a seqüência do texto acima umas 3 ou 4 vezes, para terem uma idéia melhor do que é esse "efeito looping". É o motivo de muitos evitarem cenas de luta, ou melhor dizendo, fics de obras(anime/mangá/jogos/filmes) de luta, já que o combate acaba se tornando meramente a repetição de uma das cenas da obra original, com a desvantagem da falta de imagens e sem a dinâmica necessária para prender o leitor.

Algumas sugestões de como evitar isso serão dadas mais a frente. Enfocamos as situações dentro de uma luta, os personagens envolvidos. Agora, vamos pular para outro ponto importante: tipos de luta.

Nenhum comentário:

Boin - Capítulo 036

A mãe e o pai já dormiam fazia algum tempo. O irmão ainda estava trabalhando. Ele chegava por volta de 2h da madrugada. Por isso não havia t...